Protesto contra o vice presidente dos EUA em Manaus

The U.S. Vice President Mike Pence Visits S. Korea - Day 3

Da redação – Dando prosseguimento à sua visita ao Brasil o vice-presidente norte-americano Mike Pence esteve em Manaus, oficialmente para visitar um abrigo de refugiados venezuelanos com os quais ele se diz altamente preocupado. Curiosamente o destaque de sua visita não foi a esta em si, mas o repúdio geral com que foi recebido. O forte esquema de segurança que cercou a comitiva do vice Pence estava protegido por órgãos de segurança da esfera municipal, estadual e federal, militares e membros do serviço secreto norte-americano. Além do Air Force One também acompanharam a comitiva dois aviões cargueiros gigantes Boeing C-17 Globemaster de transporte de tropas e equipamentos da força aérea norte-americana com quatro helicópteros de ataque Black Hawk. Foi exigido que as autoridades brasileiras que iriam receber Pence chegassem ao local com duas horas de antecedência.

Curiosamente o destaque da visita foi o repúdio com que foi recebido tanto por setores populares quanto por autoridades amazonenses. Um manifesto elaborado por movimentos sociais e estudantis expressou sua indignação com a visita e sua solidariedade com os imigrantes ilegais detidos na fronteira mexicana. A visita também foi criticada por instituições ligadas à Igreja Católica. O Prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto criticou a visita em termos fortes, chegou a pedir que Pence fosse embora e chegou enviar tweets ao presidente Donald Trump em inglês e em português. O governador do Amazonas, Amazonino Mendes, também não recepcionou o visitante.