Projeto que descriminaliza aborto passa por primeira votação no Reino Unido

DianaJohnson

Com 208 votos a favor e 123 contra, o projeto que modifica a legislação vigente sobre o aborto no Reino Unido, apresentado no dia 23 de outubro pela parlamentar Diana Johnson, foi aprovado em primeiro turno na Câmara dos Comuns em Londres.

O texto pretende despenalizar a prática do aborto tanto na Inglaterra, quanto no País de Gales e na Irlanda do Norte, mas seus opositores, como os grupos religiosos e aqueles ditos “pró-vida”, se articulam para impedir a aprovação do projeto em segundo turno, sob a alegação de que estariam agindo em defesa da segurança das mulheres e seus bebês.

Atualmente, a legislação permite a realização do procedimento desde que atendido o prazo de até 24 semanas da concepção e desde que haja a aprovação de dois médicos, o que já seria considerado bastante permissivo pelos conservadores.

No entanto, é importante registrar que o aborto é um direito democrático fundamental para as mulheres, servindo de pressuposto para sua emancipação definitiva das tarefas domésticas e da dupla jornada de trabalho.