Greve dos professores já!
A Apeoesp está chamando uma carreata para o próximo dia 29 para denunciar tais atrocidades, pois a volta as aulas vai significa um aumento exponencial no número de infectados
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
ato04_1_de_1
Manifestação dos professores | Foto: Agência Brasil

Com o anúncio de que as aulas serão retomadas em setembro, em contrapartida o aumento dos números de infectados pelo coronavírus, principalmente no Estado de São Paulo, a Apeoesp está chamando uma carreata para o próximo dia 29 para denunciar tal atrocidades, pois a volta as aulas vai significa um aumento exponencial no número de infectados, com isso, o aumento no número de mortos.

É preciso denunciar essa política genocida de João Doria, pois no começo tinha a política demagógica do # Fica em Casa, porém a maioria da população sempre teve que trabalhar, nunca teve campanha massiva de testes, distribuição de álcool em gel e nem máscaras para o povo, nem tampouco leitos suficientes para cuidar dos doentes.

O povo está totalmente entregue a própria sorte, tem morrido á meses mais de 1100 pessoas por dia, devido ao descaso dos golpistas. Faltam leitos nos hospitais, remédios e testes em massa.

É importante a iniciativa da carreata promovida pela Apeoesp, porém é preciso ir além da carreata, precisamos organizar um ato em conjunto para denunciar os ataques do golpista Doria com a abertura das escolas.

Os sindicatos devem sair dessa paralisia, pois o fascista João Doria quer a todo custo reabrir as escolas, pois o comércio e a indústria já reabriram suas portas e consequentemente onde as mães vão deixar seus filhos, porém é preciso que não reabram nada, pois não há vacinas e nem programa de controle da pandemia.

As escolas são uma verdadeira aglomeração, pois as salas são superlotadas, não há banheiros suficientes, não há pias nas salas e nem foram instaladas, não há sabonetes liquido, toalha de papel, álcool em gel. As escolas serão um foco de transmissão da doença, pois as crianças vão se deslocar, isso vai disseminar o vírus.

É preciso voltar para  as ruas é reivindicar os direitos dos professores, pois muitos estão sem salários por serem eventuais ou pegar pequenas licenças, por isso é preciso que o governo pague os salários para os até dezembro que são os categorias O,V e N. Aumento salarial e fim do ensino EAD, que é pura farsa, é a manutenção das escolas fechadas!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas