Governo Assassino
O governo de Cláudio Castro mostra literalmente o que é um governo da direita e que se intitula social cristão, um governo da morte e dos lucros capitalistas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
escola com alunos pandemia
Governo genocida do RJ impõe volta as aulas ao ensino médio. É necessário greve de toda categoria. | Imagem: reprodução

O governo do Estado do Rio de determinou a volta as aulas presenciais nesta última segunda-feira (19) para alunos do terceiro ano do ensino médio, com 18 municípios reforçando a política genocida do governador Cláudio Castro, que substitui o golpista Wilson Witzel. Inicialmente a retomada acontecerá para as turmas da 3ª série do Ensino Médio com cerca de 63 mil alunos de 420 escolas.

No entanto, resultado da pressão e mobilização de professores e comunidades escolares 34 municípios não autorizaram a retomada das aulas e outros 40 municípios continuam com o trabalho remoto ou a distância, segundo um levantamento preliminar. A pressão contra o governo é tão grande que até mesmo, 61 diretores e diretores adjuntos afirmaram, por meio de auto – declaração e inclusive de ato, não estarem em condições de retornar ao trabalho, por estarem no grupo de risco.

A situação colocada pelo governo golpista do Rio de Janeiro poderá ampliar à enésima potência a contaminação da população, pois pelo menos 12 escolas da capital fluminense que retomaram as aulas presenciais desde que a Justiça autorizou a abertura destas instituições, têm casos de covid-19, segundo denúncias recebidas pelo Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro Rio) junto a professores e familiares.

Se isso já ocorre com as escolas particulares que possuem no máximo 15 % do total de escolas do Rio de Janeiro, o que não ocorrerá após esta segunda feira com a volta imposta pelo genocida governo Castro do Partido Social Cristão(PSC).

As escolas particulares com suspeitas de contaminação ou casos já confirmados de covid-19 são: Escola Parque (Barra), Corcovado, Teresiano, Suíço-Brasileiro, Escola Americana, Eleva, MOPI, Barilan e Santo Agostinho, Santo Inácio, Colégio QI, Centro Educacional da Lagoa (Cel, unidade Barra).

Para impor o risco de morte a alunos, familiares e professores, direções de escolas e donos de escolas particulares impõe o assédio moral e ameaças de demissões contra professores ao mesmo tempo em que muitas unidades particulares, o que dirá das públicas sucateadas pelos governos direitista a presentam até mesmo pela falta de equipamentos básicos, falta de testes, como máscaras e álcool em gel, além das aglomerações e uso compartilhado de materiais e brinquedos, chegando até mesmo à ocultação de casos de covid-19 ocorridos nas escolas.

É necessário a mobilização das comunidades escolares e dos professores através de seus sindicatos convocando a mobilização de toda a categoria contra as reaberturas e pela suspensão do calendário escolar. Pela garantia da vida de todo o povo, volta às aulas só com vacina e com o fim da pandemia.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas