Contra o corte de salários
Nesta terça-feira professores da rede municipal de ensino de Feira de Santana protestaram contra o corte de salários.
feira de santana
Professores municipais protestam contra corte de salário em Feira de Santana. | Foto: Reprodução
feira de santana
Professores municipais protestam contra corte de salário em Feira de Santana. | Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira (29) em Feira de Santana na Bahia, professores da rede municipal de ensino protestaram contra o corte de salários durante a pandemia de Covid-19. Segundo o site Acorda Cidade, o protesto simbolizou o enterro do prefeito Colbert Martins da Silva Filho (MDB) e os manifestantes circularam as ruas da cidade segurando um caixão e uma faixa que dizia: “Aqui jaz o governo Colbert”.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB), a professora Marlede Oliveira, disse ao Acorda Cidade que a categoria continua na luta até que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decida sobre o pagamento de salários.

“O governo persegue os camelôs e os professores. Nós professores e os camelôs estamos buscando a sobrevivência. Estamos passando por dificuldades. Têm professore que tiveram até 70% de corte de salário. A APLB em 68 anos de atividades e nunca se abateu por nenhum governo.” – declarou Marlede Oliveira

 

 

Relacionadas
Send this to a friend