Professores paulistas possuem vale refeição de R$ 8,00 por dia… não dá para nada

Presidential candidate Geraldo Alckmin of Brazilian Social Democratic Party (PSDB) attends an interview with a local newspaper in Sao Paulo

Os professores estaduais paulistas ganham de vale alimentação oito reais por dia trabalhado. Sábados, domingos, feriados, abonos, licença médica e férias são descontadas do ticket.

O vale alimentação não ajuda em nada na complementação do salário dos professores, pois os professores o ganham no máximo por 22 dias, somando R$176,00.

Há categorias como os bancários ou os trabalhadores dos Correios, que ganham o vale alimentação e o vale refeição, que tem valor médio de R$25,00 por dia.

Os professores paulistas tem um dos salários mais baixos do Brasil, o vale é correspondente a essa defasagem. O governo ladrão de merenda, paga um vale refeição dos mais baixos do Brasil. Alckmin ameaçou e iria fazer o mesmo que fez em São Paulo com os professores do restante do país.

Somente com a mobilização popular entre estudantes e professores para barrar os abusos dos tucanos em São Paulo e em todo o Brasil.