Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
whatsapp-image-2018-05-23-at-10.52.07-1-
|

Professores e estudantes da rede estadual do Pará fizeram protesto na manhã desta quarta-feira (23), em Belém, para cobrar o pagamento do piso estadual.

Eles fizeram uma caminhada da frente do Tribunal de Justiça (TJPA) até a sede da Secretaria de Estado de Administração (Sead), interditando a avenida Almirante Barroso.

O movimento grevista começou há mais de vinte dias. Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) informou que a categoria quer uma rodada de negociações com o Governo do Estado.

Uma das principais reivindicações dos professores é o pagamento do piso salarial atualizado. A categoria pede a unificação do plano de cargos e carreiras para todos os servidores, além de melhorias da estrutura das escolas.

O valor pago é de 2015, o piso nacional no valor de R$1.995 e desde então nunca foi atualizado. O piso atual seria de aproximadamente R$2.400.

A política da direita golpista é clara: atender aos interesses da burguesia. Suas medidas, como privatizações, terceirizações etc., tendem a se tornar mais amplas, aplicadas nacionalmente, tornando ainda mais precária as condições de trabalho do povo, bem como os salários cada vez mais baixos e insuficientes. Uma desvalorização total.

A situação torna indispensável e urgente a luta contra o golpe e contra todas essas medidas de ataque que se intensificam em todo o País. Todo apoio à greve dos professores paraenses.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas