Professores em luta
Nesta terça-feira aconteceram protestos dos professores em todo Paraná, as mobilizações são contra o sistema adotado pelo governo em relação aos PSS em todo estado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
professores indigenas
Professores indígenas na SEED no Paraná | Foto: Divulgação/Seed

Na tarde desta terça-feira (17) professores indígenas, que lecionam em aldeias do estado do Paraná, ocuparam a sede da Secretaria Estadual de Educação (SEED). O protesto é contra as mudanças impostas pelo secretário Renato Feder ao Processo Seletivo Simplificado (PSS), que traz mudanças prejudiciais ao ensino nas aldeias, desrespeitando a autonomia e os costumes das etnias.

Também aconteceu nesta terça protesto realizado por centenas de professores em frente ao Palácio Iguaçu, pedindo a anulação do Processo Seletivo Simplificado (PSS) em 2021. De acordo com os manifestantes o governo do Paraná ameaça demitir 30 mil profissionais. A mobilização foi coordenada  pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Paraná (APP-Sindicato).

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas