Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Após 17 dias a greve dos trabalhadores da educação do Piauí a greve sofreu um golpe, a direção do sindicato manobrou e conseguiu por um fim, a direção do sindicato se juntou com o Juiz de nome Santana, a um representante da OAB, outro representante do ministério público, as representações das sub-sedes regionais do Sinte – PI (Sindicato dos Trabalhadores da Educaçã0) e juntos conspiraram contra os trabalhadores da educação e aposentadas .

A assembleia que levou ao fim da greve contou com vários defensores para o término da greve, foi um atrás do outro com discursos infundados defenderam o fim da greve.

Primeiro foi a presidenta do Sinte Paulina que desanimou os professores dizendo que a greve devia terminar, ainda utilizou da velha tática de colocar medo na categoria para que esta não aprovasse a continuidade da greve. A direção do sindicato se quer colocou em votação o  fim da greve. Isso fez com que os professores que defendiam a continuidade da Greve não tiveram o direito de votar. A proposta do governo foi pagar o percentual do reajuste do piso salarial de 6,8% para os professores, que já é uma lei Nacional, que, portanto basta somente ser cumprida, essa proposta é para ser paga a partir do mês de Maio, até lá os professores receberão ticket alimentação, sendo que os aposentados ficam de fora e é quebrada a paridade. Somente em Maio vão receber igual aos trabalhadores da ativa. Os funcionários receberão agora 3,75% dos atrasados de 2017. Uma proposta vergonhosa que não beneficia em nada os professores

Os defensores do fim greve atuaram em sequência, primeiro foi a presidente Paulina que discursou contra a categoria, depois foram os representantes das subsedes das regionais do Sinte, entre eles os de Parnaíba, Floriano, Altos, União, Zé de Freitas, Jaicós, Oeiras e assim todos contribuíram para o fim da greve quando a maioria ainda estava disposta a lutar.

A armação contra a categoria dos professores foi previamente armada, o acordo de acabar a greve foi articulada com um tal “dissídio coletivo” que sempre tem a decisão de sempre deliberar contra os trabalhadores, essa decisão contou com a colaboração do Juiz Santana (que recebe um salário de mais de 30 mil por mês), com representantes do Ministério Público, também da OAB, o Sec. Franze representando o governo, o Sindicato na pessoa da própria presidenta Paulina e Geovane que fez o papel de “advogado do diabo”.

Geovane que recebe um gordo salário do sindicato, imensamente maior do que o de um servidor que recebe menos de um salário mínimo, agiu como um fiel escudeiro de Paulina na defesa contra a continuidade da greve.

Chegou a fazer uma defesa descarada do governo: “O governo não tem como pagar, já que está no limite prudencial Lei de Responsabilidade Fiscal, (lei que tem o objetivo de conter os gastos para enviar dinheiro para os banqueiros no pagamento da dívida) e finalizou dizendo que se não aceitassem seria pior, pois este ano é período eleitoral e governo tem data para aumentar salários”. Um verdadeiro capacho.

Os contra greve saíram comemorando a vitória das suas manobras de deixar o funcionários, professores e aposentados com os salários desvalorizados.

A desculpa dos pelegos, e a proposta hipócrita para convencer os menos avisados foi aprovar o estado de greve, eles acham que todos os trabalhadores são trouxas, mas, não é a realidade, a revolta contra as dificuldades dos salários arrochados e a retirada de direito é crescente em toda a categoria.

Os servidores da educação devem superar a direção traidora do sindicato e partir para a mobilização e greve em defesa dos salários.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas