Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Na manhã desta sexta-feira (12), um grupo de professores da rede municipal do município de Oiapoque- AP, realizou um ato na margem do rio Oiapoque, na fronteira com a Guiana Francesa.

O motivo do ato realizado pelos professores é o de protestar contra a política de ataque à educação implementada pela prefeita golpista do PSDB, que não paga os salários dos professores contratados já há dois meses e agora assaltou o bolso dos professores efetivos em pelo menos 10 dias, alterando o dia do pagamento dos salários do último dia útil do mês para o dia 10 do mês seguinte.

Os professores também reivindicam melhores estruturas das escolas e a construção de novas unidades.

Assim como por todo o país, a educação pública e gratuita no Amapá é produto em extinção. Para os golpistas vale muito mais desviar o dinheiro que deveria ser destinado à educação, à saúde, entre outras áreas que atendem as populações pobres,  para beneficiar meia dúzia de parasitas que só conseguem sobreviver como capitalistas mamando nas tetas do Estado.

Só a luta decidida contra o golpe com a constituição de comitês de luta contra o golpe  por todo o país será capaz de reverter com a política de aniquilação da população brasileira e apontar para uma política de desenvolvimento e atendimento das necessidades fundamentais da esmagadora maioria da população nacional.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas