Professores baianos protestam contra o fechamento de escolas

whatsapp-image-2018-11-26-at-11-cortada

Ocorreu nessa segunda (dia 26), uma manifestação de professores e alunos contra o fechamento de algumas escolas na Bahia. A manifestação foi realizada em frente a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Participaram da passeata as escolas ameaçadas de terem fechado o ensino médio na capital baiana e de algumas cidades do interior como Macaúbas, Itabuna, Inhambupe e Alagoinhas. O ato foi chamado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB).

Esta luta contra o fechamento das escolas deve se somar à luta contra a escola com fascismo, que vem perseguindo os professores em todo o País, pois se a direita triunfar nesta ofensiva, vão impor uma ditadura nas escolas e reprimir todo tipo de manifestação dos educadores e da juventude; assim como de todos os explorados. A escola é apenas um “laboratório” para testar o nível de resistência da esquerda e dos sindicatos.

Todos os professores, junto com estudantes, pais e. funcionários têm que se levantar contra mais essa arbitrariedade dos golpistas, que desejam reduzir os professores a zero, coagindo e privatizando as escolas.

Esse é o projeto dos golpistas para a educação nacional, privatizar e destruir primeiro o ensino médio e depois as outras esferas. Somente a luta de toda a comunidade escolar com os trabalhadores vai derrubar o golpe e seus lacaios.

Abaixo a Escola com Fascismo. Fora Bolsonaro e todos os golpistas!