Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
professor2
|

A professora Rosimary Lopes, 60, poderia estar aposentada há pelo menos um ano e três meses, foi quando deu entrada no pedido junto à Secretaria da Educação do Estado (SEC). Em janeiro, foi a última vez que o processo se moveu. Parou na chamada Coordenação de Afastamento Definitivo, mas, de lá para cá, parece inerte.

O processo de Rosimary é um dos 1.227 pedidos de aposentadoria de professores que estão em análise pela SEC. Mas a fila, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado (APLB-Sindicato), é muito maior: passaria de seis mil profissionais.

A vida dos professores e demais trabalhadores está cada dia mais dificil. A reforma da CLT deixou a vida dos educadores ainda mais complicada. A cada dia um novo direito é cassado pelo governo golpista, e a exemplo dos demais setores da sociedade, os grandes banqueiros querem que os educadores trabalhem até a morte.

Um estudo revelou que 59% dos educadores com depressão não têm acompanhamento médico regular, o excesso de trabalho é um dos vilões. A maioria dos professores tem dupla ou tripla jornada de trabalho, muitas vezes ultrapassando 11 horas de trabalho com aluno e isso certamente não é recomendável e muitos não conseguem se aposentar como.

Contra esta política, é preciso mobilizar a categoria, junto com toda a comunidade escolar, por meio da formação de Comitês Contra Golpe em todas as escolas públicas.

Ocupar as ruas e escolas, organizar e resistir na luta contra o golpe, por educação pública de qualidade e pelos direitos dos trabalhadores e dos professores.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas