Professora da UnB denuncia a ilegalidade golpista contra Battisti: “Qual o fato novo? Isso é ilegal”

battisti

Da redação – Uma professora de Direito Internacional da Universidade de Brasília (UnB), que preferiu não ser identificada por receio de ataques e críticas de militantes de direita, cedeu um depoimento ao sítio Terra sobre o caso de Cesare Battisti e afirmou: “no momento em que Lula decidiu [pela não extradição], isso não se torna um ato jurídico perfeito? Qual o fato novo? Isso [a decisão de Temer] pode ser interpretada como ilegal, porque o Estado de Direito garante a estabilidade”.

A ministra da Advocacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça, sustenta uma tese de que a extradição “é um ato de natureza política e do presidente da República”, sendo assim, apenas uma mudança de deliberação.

De fato, para esses golpistas que tomaram o poder, a lei pouco importou para derrubar Dilma Rousseff sem crime de responsabilidade ou prender Lula sem provas. O que preciso ser dito é que os governos de extrema-direita da Itália e do brasil estão se alinhando para pegar Battisti, cumprindo as promessas de Bolsonaro de caçar fisicamente a esquerda.  Seu envio para a Itália é um risco à sua vida, já que a justiça do país europeu é uma continuação das famílias fascistas seguidoras de Mussolini.