Bolívia
Com a proximidade das eleições bolivianas, a extrema-direita que deu o golpe de estado em Evo Morales pede sua prisão por um suposto envolvimento com terrorismo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
evo morales
Evo Morales | Foto: Reprodução

Evo Morales foi oficialmente acusado por envolvimento e financiamento de terrorismo durante os episódios que resultaram no golpe de estado boliviano no ano passado. A Procuradoria de La Paz está utilizando um áudio atribuído a Evo Morales para o julgar culpado de envolvimento com terrorismo. A Procuradoria pede sua prisão preventiva.

Evo Morales reagiu dizendo que o que ocorre é ilegal e inconstitucional e que o áudio utilizado foi alterado, além de não ter sido notificado.

As eleições se aproximam e o Movimiento al Socialismo (MAS) partido de Evo Morales, possui o apoio total da população e é claramente o escolhido para voltar à presidência. A direita boliviana tenta acabar com a imagem do partido e com o partido em si com acusações desse tipo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas