Processos fraudulentos
Justiça boliviana anulou processos contra o ex-presidente Evo Morales por suposta fraude eleitoral em 2019
Evo Morales - Bolívia 3
Evo Morales, ex-presidente da Bolívia | Foto: Reprodução
Evo Morales - Bolívia 3
Evo Morales, ex-presidente da Bolívia | Foto: Reprodução

Justiça boliviana anulou processos contra o ex-presidente Evo Morales por suposta fraude eleitoral em 2019. A decisão, proferida pela juíza Claudia Castro, em tribunal de La Paz decidiu anular, apontando falhas na investigação, o processo contra o ex-presidente boliviano e alguns de seus colaboradores. Entre os investigados, além de Morales, também estavam o ex-vice-presidente Álvaro García Linera e os ex-ministros Juan Ramón Quintana, Héctor Arce Zaconeta e Carlos Romero.

Relacionadas
Send this to a friend