Processos fraudulentos
Justiça boliviana anulou processos contra o ex-presidente Evo Morales por suposta fraude eleitoral em 2019
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Evo Morales - Bolívia 3
Evo Morales, ex-presidente da Bolívia | Foto: Reprodução

Justiça boliviana anulou processos contra o ex-presidente Evo Morales por suposta fraude eleitoral em 2019. A decisão, proferida pela juíza Claudia Castro, em tribunal de La Paz decidiu anular, apontando falhas na investigação, o processo contra o ex-presidente boliviano e alguns de seus colaboradores. Entre os investigados, além de Morales, também estavam o ex-vice-presidente Álvaro García Linera e os ex-ministros Juan Ramón Quintana, Héctor Arce Zaconeta e Carlos Romero.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas