Menu da Rede

Lava Jato

Processo do sítio de Atibaia contra Lula foi mais rápido que 85%

Essa informação é mais uma das inúmeras comprovações da irregularidade da Lava Jato e de seu caráter notoriamente político e persecutório contra Lula

Tempo de Leitura: < 1

Só a mobilização popular libertará Lula. Foto: Cesar Ogata (CC BY-SA 2.0) –

Publicidade

Da redação – O recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tramitou mais rápido do que 85% dos 933 casos julgados pela oitava turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que está responsável pelos processos da criminosa Operação Lava Jato.

Chama ainda mais atenção o fato de que o processo de Lula é um processo complicado, mais complexo do que muitos que estão sob o controle da oitava turma da corte.

Essa informação é mais uma das inúmeras comprovações da irregularidade da Lava Jato e de seu caráter notoriamente político e persecutivo contra a esquerda, particularmente contra Lula.

Já havia sido noticiado – inclusive pela própria imprensa burguesa, fundamental para a prisão do líder petista – que o processo do ex-presidente havia ultrapassado uma série de processos que estavam em sua frente, de maneira ilegal.

Tratou-se, logicamente, de uma pressa justificada por parte dos golpistas, que precisavam prender Lula o mais rápido possível porque ele era um fator decisivo para a polarização política e movimentação dos trabalhadores no sentido de lutar contra o golpe. No entanto, mesmo preso, Lula continua tendo esse papel, por isso a preocupação dos golpistas.

A esquerda, ao invés de alimentar ilusões justamente nesses setores mais reacionários do Estado, como é o caso do judiciário, deve organizar o movimento popular nas ruas, que é a única força capaz de libertar Lula e derrotar o golpe.

Send this to a friend