Menu da Rede

Partido dos Trabalhadores

Pressão aumenta contra Bolsonaro: PT se junta aos atos de rua

Em nota, PT entra nas manifestações de rua e quebra a "quarentena" para lutar pela vida do povo.

Tempo de Leitura: < 1

Cuba denuncia sanções enquanto EUA reprimem o próprio povo – Foto: Márcio Silva / Portal AM1

Publicidade

O Partido dos Trabalhadores emitiu nota assinada pela presidenta Gleisi Hoffmann, pelo líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados, Enio Verri e pelo líder da bancada do PT no Senado, Rogério Carvalho. A legenda classifica as recentes manifestações de rua contra Bolsonaro e o fascismo como “fato novo na luta pela democracia e pela vida no Brasil” e como “ações legítimas, protegidas pelo Artigo 5º da Constituição, que garante de forma expressa o direito às liberdades de expressão, reunião e de associação”.

Em seguida, o partido faz recomendações como uso de máscaras, distanciamento e a resistência à provocações e isolamento dos infiltrados. O texto prossegue combativo ao governo: “A tentativa de criminalização dos movimentos sociais e populares e das manifestações democráticas visa a naturalizar o projeto neofascista e autoritário do atual governo, contrário aos interesses nacionais e aos direitos do povo”. Finaliza com uma frase impactante: “Não aceitaremos que a Democracia seja intimidada!

Link da nota do PT: https://pt.org.br/a-democracia-nao-pode-ser-intimidada/

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Clima de radicalização agita o Peru - O Mundo em 1 Hora (Reprise)

108 Visualizações 41 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend