Presidente eleito da Guatemala quer rever acordo com os EUA

11ago2019---alejandro-giammattei-e-eleito-o-novo-presidente-da-guatemala-1565606559265_v2_1920x1281

Neste domingo (11), foi eleito o presidente da Guatemala, o conservador Alejandro Giammattei, do partido Vamos. A plataforma política de Giammattei se baseia principalmente em trazer a pena de morte para as sentenças criminais e tratar as gangues do país como se fossem terroristas. Além disso, Giammattei terá como tarefa repensar as relações da Guatemala com os EUA, após Trump ameaçar a Guatemala com taxações de dinheiro e aumento das tarifas sobre exportações.

A Guatemala possui um acordo que os EUA propôs chamar de “terceiro país seguro”, onde os imigrantes poderão solicitar asilo ao invés de ficar nos EUA. Para as autoridades Americanas, aqueles que chegarem aos EUA sem possuir asilo na Guatemala serão devolvidos ao país da América Central.

O governo norte-americano nega que esse pacto migratório possa transformar a Guatemala numa prisão americana. Um dos pontos altos da economia da Guatemala se resume nas remessas de imigrantes dos EUA, que no ano passado, inclusive, atingiu para a economia do país a marca histórica de cerca de 9,3 bilhões de dólares. Para Giammattei, esse acordo seria uma “má notícia”, afirmando que a Guatemala não poderia lidar com um exponencial aumento no número de imigrantes que estavam pedindo asilo.