Presidente da Ucrânia promulga decreto que impõe a lei marcial

President Petro Poroshenko with soldiers in the Luhansk region of eastern Ukraine, April 2017

Da redação – O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, ratificou hoje (28) o decreto da lei marcial, que havia proposto na segunda-feira (26) e aprovado pelo parlamento no mesmo dia.

A informação foi comunicada pelo porta-voz da presidência ucraniana, Sviatoslav Tsegolko, em sua conta no Facebook.

A lei marcial começou a valer na segunda-feira e tem duração de 30 dias. Ela impõe, na prática, uma ditadura militar no país, sob a qual o governo pode anular os direitos constitucionais da população, como liberdade de expressão, de manifestação e de circulação, e o exército controla a lei. Ela está valendo em dez regiões do país.