Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
President Petro Poroshenko with soldiers in the Luhansk region of eastern Ukraine, April 2017
|

Da redação – O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, ratificou hoje (28) o decreto da lei marcial, que havia proposto na segunda-feira (26) e aprovado pelo parlamento no mesmo dia.

A informação foi comunicada pelo porta-voz da presidência ucraniana, Sviatoslav Tsegolko, em sua conta no Facebook.

A lei marcial começou a valer na segunda-feira e tem duração de 30 dias. Ela impõe, na prática, uma ditadura militar no país, sob a qual o governo pode anular os direitos constitucionais da população, como liberdade de expressão, de manifestação e de circulação, e o exército controla a lei. Ela está valendo em dez regiões do país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas