Siga o DCO nas redes sociais

Demagogia bolsonarista
Presidente da Funarte debocha: “Bolsonaro valoriza a arte”
O fascismo é sempre inimigo da arte e da cultura
dante-mantovani1
Demagogia bolsonarista
Presidente da Funarte debocha: “Bolsonaro valoriza a arte”
O fascismo é sempre inimigo da arte e da cultura
Dante Mantovani, um lunático na presidência da FUNARTE: Eliseu Carvalho
dante-mantovani1
Dante Mantovani, um lunático na presidência da FUNARTE: Eliseu Carvalho

O presidente bolsonarista da Fundação Nacional de Artes (Funarte) fez uma declaração absurda, até mesmo para o desgoverno golpista, nesta última quinta-feira, dia 16. Dante Mantovani disse que Bolsonaro ‘’está valorizando a arte como nunca antes na história do País”. Nem mesmo o mais fanático dos direitistas realmente acredita nisto.

Não bastasse este absurdo, Mantovani ainda aproveitou para fazer demagogia em relação a Lei Rouanet, tradicional lei de captação de recursos à cultura da qual Bolsonaro e sua corja sempre foram contra. Segundo ele, “a lei sofre preconceitos e precisa ser aprimorada”. Pura conversa fiada.

Convém lembrar que Dante Mantovani já declarou que o ‘’rock leva às drogas, aborto e o satanismo’’, que os soviéticos se infiltraram na CIA para “destruir a moral burguesa da família americana”, além de criticar Elvis Presley. Tudo isso em seu canal de Youtube. Trata-se, afinal, de apenas mais um reacionário lunático alçado ao poder com a ascensão do fascismo e a extrema-direita no país.

Recentemente o Presidente Fascista Jair Bolsonaro ainda zombou da indicação brasileira ao Oscar de melhor documentário com o filme ‘’Democracia em Vertigem’’, produção nacional que denuncia o golpe de Estado que derrubou a presidenta eleita Dilma Rousseff e colocou os fascistas no poder.

Ainda nesta sexta, dia 17, o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, foi demitido após fazer referência literal a um dos discursos do ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels. 

Os fatos estão aí para mostrar que a direita é inimiga da cultura, dos artistas e das artes. Não será surpresa se logo surgir uma “Arte Degenerada Brasileira”, como na Alemanha dos anos 30, em que artistas foram perseguidos por Hitler.  

A única solução para salvar a cultura nacional das garras do fascismo é derrubando esse governo golpista. 

Fora fascistas da cultura! Fora Bolsonaro!