HAMBURGUER_1
SHARE

Florianópolis: Frente Fora Bolsonaro a serviço da desmobilização

Anterior
Próximo

"O alvo é a Rússia"

Presidente da Bielorrússia denuncia ação do imperialismo

"Somos um campo de testes para eles. Uma plataforma experimental antes de ir para o leste"

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Presidente denuncia propaganda após caso de bombas em um avião – Reprodução

Por Prensa Latina

O presidente da Bielorrússia, Alexandr Lukashenko, acusou hoje a oposição e os inimigos externos de seu governo de liderar uma guerra híbrida sem limites de bom senso e moral humana.
O presidente se reuniu no parlamento com deputados, membros do Conselho da República e da Comissão Constitucional, bem como altos funcionários executivos e líderes de opinião, informou a agência de notícias Belta.

Lukashenko disse que os inimigos da república mudaram os métodos de ataque ao estado, referindo-se às críticas e sanções contra o país pelo pouso de emergência do avião da Ryanair e pela prisão de Román Protasévich, um opositor bielorrusso com um mandado de prisão internacional.

‘Esta não é mais uma guerra de informação, é uma guerra híbrida moderna’, disse o presidente, enquanto observava que o governo em breve fornecerá dados adicionais sobre os eventos, incluindo os detidos.

Ele expressou que ‘os arquitetos do caos passaram da organização de motins à fase de estrangulamento’.

O chefe de estado alertou que tal campanha não é dirigida apenas contra a Bielorrússia. ‘Somos um campo de testes para eles. Uma plataforma experimental antes de ir para o leste. Depois de testar conosco, eles irão para lá’, disse ele.

Ele acrescentou que ‘um conhecido canal extremista’ na rede social Telegram já está trabalhando ‘contra a Rússia, mostrando o verdadeiro objetivo dos estrategistas ocidentais’.

No seu discurso, Lukashenko afirmou que a mensagem com a ameaça de bomba no voo da Ryanair, entre as capitais da Grécia e da Lituânia, foi transmitida da Suíça, revelou o canal de televisão ATN.

Ele denunciou que havia um terrorista no avião e que eles sabiam disso muito além das fronteiras da República de Belarus.

Ele também explicou que a mensagem sobre a possível existência de uma bomba na nave chegou aos aeroportos de Atenas, Vilnius e Minsk ao mesmo tempo.

O Presidente considerou que o lado bielorrusso reagiu de acordo com a informação recebida. ‘O que deveríamos ter feito, especialmente no contexto de uma cascata de ameaças de bomba em nossas instalações?’, perguntou ele.

‘Fizemos todo o possível para salvar as pessoas. No dia seguinte ao incidente, os planos de vôo foram apresentados a cada minuto e a cada segundo. Tudo é claro e compreensível’, afirmou.

Lukashenko destacou que o Ocidente se recusou a participar da investigação do incidente proposta pelas autoridades bielorrussas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.