Presença de Temer em evento da ESPM gera indignação em estudantes

temerzim

O presidente golpista Michel Temer está acostumado a ser recebido sob calorosos protestos nos eventos para os quais é convidado – uma consequência natural de ter sido ele um dos principais conspiradores contra o governo de Dilma Rousseff. Em alguns casos, inclusive, Temer não só é mal recebido, mas também é enxotado de maneira extremamente furiosa, como quando o golpista visitou o local do edifício incendiado que desabou em São Paulo.

A última recepção digna de um presidente golpista ocorreu na Escola Superior de Publicidade e Marketing (ESPM), em São Paulo. O convite da escola a Temer foi feito há mais de um mês para uma atividade marcada na última sexta-feira (4), e os anúncios do evento e de que o presidente participaria foram logo respondidos pelos estudantes da instituição.

Diante disso, a instituição, contando com a ajuda do Diretório Acadêmico (DA), determinou que “protestos dentro da faculdade não serão tolerados”, cerceando a liberdade de expressão dos estudantes em relação a questões políticas. A nota, produzida pela diretoria da ESPM, reiterou que “a educação para com o Presidente” e o “exemplar respeito” devem prevalecer sobre a indignação dos alunos, por exemplo, com os cortes feitos por Temer na educação e saúde depois do ajuste fiscal.

Apesar do apelo da direção da instituição, o presidente foi recebido com gritos de “Fora Temer”,

Do jeito que a coisa anda, daqui a pouco Temer será mal recebido até mesmo em eventos de seus colegas golpistas da Fiesp.