Novo ataque no ar
Giuseppe Conte, defende reforma da previdência em evento sobre economia e meio ambiente neste sábado (26).
giuseppe-conte-reproducao-facebook
Reforma da previdência aprofunda ataques da extrema-direita. | Reprodução/Facebook
giuseppe-conte-reproducao-facebook
Reforma da previdência aprofunda ataques da extrema-direita. | Reprodução/Facebook

Em evento sobre economia e meio ambiente realizado em Trento neste sábado (26), o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, saiu em defesa que o governo italiano faça uma nova reforma da previdência.

De acordo com Conte, há uma necessidade de diferenciar os trabalhos “extenuantes” para aqueles que, como professores, dos quais podem trabalhar “aos 70 anos”. Em primeiro momento a alteração proposta apresenta-se como algum benefício ao trabalhador, contudo na prática visa apenas garantir um tempo de trabalho maior para maioria da população.

A ideia da reforma da previdência vem junto ao plano econômico traçado pelo governo italiano devido à pandemia.

 

Relacionadas
Send this to a friend