“Fique em casa”
O prefeito Antônio Duarte Nogueira (PSDB) autorizou a demolição de várias casas na Comunidade das Mangueiras, em Ribeirão Preto, deixando dezenas de pessoas sem moradia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
d7f158ed-21dd-45e6-b762-85979c4c6400
Famílias ficando desabrigadas em meio à pandemia. | Foto: Reprodução MRT

Nesta sexta-feira (29), cerca de 15 famílias sem teto acordaram às 5 da manhã ao som de máquinas e tratores. A Comunidade das Mangueiras, em Ribeirão Preto, estava sendo destruída pela Fiscalização Geral do município. Segundo relatos, não existia nenhum parecer jurídico favorável à destruição das casas. Todavia, ignorando essa questão, o prefeito Antônio Duarte Nogueira (PSDB) autorizou a demolição, deixando dezenas de pessoas sem moradia.

A área da cidade pertence à prefeitura municipal, todavia, estava abandonada. Serve somente para a especulação imobiliária e à falácia de que serão construídas casas populares no local. Em meio à crise de saúde que perpassa todo o Brasil, os residentes da Comunidade das Mangueiras não possuem o dinheiro necessário para pagar aluguel, conta de luz, conta de água etc. A comunidade era uma saída completamente legítima à crise pela qual estão passando. Afinal de contas, se permanecessem nas ruas, estariam completamente expostos aos riscos provenientes da COVID-19.

Já não podemos mais nos surpreender pela ação do prefeito fascista de Ribeirão Preto. A burguesia já deixou bem claro seu posicionamento frente à pandemia do coronavírus. No começo, mascararam suas intenções por meio da promoção do isolamento social. Afinal, não queriam perder o apoio da classe-média, que aceitou cegamente este discurso. Todavia, agora, passados alguns meses desde o começo da quarentena, escancaram sua verdadeira motivação. Atuam somente para suprir as necessidades dos empresários e dos grandes capitalistas, custe o que custar. Nesse caso, o preço é extremamente claro: a vida de milhares de trabalhadores.

Frente aos acontecimentos relatados, fica evidente o porquê de a política da esquerda liberal do “Fique em Casa” ser completamente indecente. Daqui a pouco, irão denunciar os sem teto por não ficar em casa. Afinal de contas, é fácil. Basta uma renda fixa num emprego estável que pague todo e qualquer gasto com moradia, alimentação, transporte, vestimentas etc. E isso qualquer pessoa possui, obviamente. Este setor precisa acordar e agir como se a realidade fosse outra, porque é! As condições materiais já foram há muito postas, não existe espaço para especulação nessa situação. Nesse sentido, é simplesmente inaceitável permanecer na posição que defendem desde o começo da pandemia, fechando as portas de sindicatos e partidos para que seus dirigentes e militantes possam ficar de férias.

A população precisa se mobilizar. Mais do que nunca, é o momento de ir às ruas e lutar pelo direito do povo, pela soberania dos trabalhadores e, finalmente, por um governo operário. Os fascistas, como pudemos observar, não descansam. Estão nas ruas se manifestando e, além de tudo, usando do aparato estatal para reprimir qualquer tipo de manifestação popular. Caso a esquerda não se movimente, poderemos entrar em dias tão sombrios quanto aqueles de 64. E não podemos esconder de quem terá sido a culpa.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas