Em Santo André
O Fascista Paulo Serra quer atacar organização política dos servidores municipais nas manifestações e proibir diretores sindicais de saírem candidatos nas eleições
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Governador Geraldo Alckmin participa da inauguração da fabrica de tubos de cobre da Paranapanema  em Santo André. Estavam presentes governador Geraldo Alckmin, prefeito de Santo André Carlos Grana, Edson Machado Monteiro diretor presidente da Paranapanema, prefeito Luiz Marinho de São Bernardo, deputado estadual Orlando Morando. DATA: 17/10/2013 LOCAL: Santo André/SP FOTO: Tiago Silva/A2FOTOGRAFIA
Prefeito Paulo Serra PSDB |

Depois de sabotar a campanha salarial do funcionalismo andreense, que tem data base em 1° de maio e negar várias reivindicações do funcionalismo público, o prefeito fascista Paulo Serra (PSDB), agora, através das redes sociais, ataca o sindicato e a categoria com a escrota ameaça de que só negociará qualquer reivindicação com o sindicato da categoria, o Sindserv Santo André, se a direção sindical garantir que não lançará nenhum de seus diretores há cargos eletivos, na próxima eleição municipal de 2020.

Chama a atenção o fato de Paulo Serra ter sido secretário de obras do ex prefeito petista Carlos Grana, por sinal liderança e ex presidente do sindicato dos metalúrgicos do ABC paulista, o mais poderoso sindicato operário do país. E agora ex-aliado ataca a organização sindical.

O líder do governo, o vereador Fábio Lopes anunciou que da parte do governo, não há acordo, quanto ao que foi decidido e aprovado na campanha salarial pelo funcionalismo, demonstrando assim o total desrespeito e aversão ao funcionalismo. Disse o vereador capataz: “Na realidade não houve acordo, pois o Sindserv só tem o interesse de fazer vereadores. O sindicato não está comprometido em defender o funcionalismo público, eles estão em pré-campanha de vereadores”, disse o subalterno de Serra na Câmara dos vereadores.

Em ato na Câmara dos Vereadores o presidente da entidade sindical, Durval Ludovico respondeu ao prefeito: “Sobre essa questão de candidaturas, eu tenho de falar uma coisa para o prefeito. A democracia permite que qualquer pessoa pode ser candidata. O que debatemos é o reajuste do funcionalismo e é isso o que esperamos. Há 14 dias protocolamos a proposta do sindicato e queremos uma resposta”, disse o diretor do Sindserv Santo André durante a sessão da Câmara.

A diretora do Sindserv Santo André Daisy Dias Cunha, em conversa junto a professores repudiou o ataque governista, ouça o áudio, a seguir.

A alegação calhorda do líder do governo e também do prefeito, vão no sentido do fortalecimento do fascismo na região, ou seja, fazer propaganda buscando criar um determinado movimento de massas contra os sindicatos na região, com o objetivo de acabar não só com os representantes de trabalhadores nos parlamentos, mas principalmente acabar com a democracia operária, procurando suprimir os sindicatos.

Em Santo André já há algum tempo grupos fascistas procuram se organizar, estando inclusive presentes em assembleias do sindicato, como assembleias que ocorreram em local aberto, como foi o caso de assembleia ocorrida em abril, no paço municipal da cidade, quando elementos fascistas filmavam e fotografavam o que ocorria na assembleia e claramente observavam os representantes sindicais. A atitude fascista do prefeito de ameaçar a campanha salarial da categoria e principalmente a direção sindical deve ser vista também como mais uma articulação fascista na cidade, que tem por objetivo atacar o sindicato e por consequência enfraquecer ainda mais a categoria dos servidores municipais. É necessário ampliar as informações e a mobilização junto a todo o funcionalismo e levantar a luta contra o governo fascista e tucano de Paulo Serra. Fora Paulo Serra inimigo dos servidores e da população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas