Com o golpe a gasolina já tem preço record

Posto de Combustível

Da redação – A gasolina vai a R$ 2,1079 por litro nessa quinta-feira (30), maior alta da era de reajustes diários (1,2%). O preço do diesel permanece congelado até o dia 1° de setembro, quando pode sofrer reajuste acumulado de até 10%.

Segundo a Petrobrás, a justificativa dessas variações de preço “para cima ou para baixo”, é a mesma das anteriores e faz parte da política de preços da Petrobras, “que reflete os movimentos do mercado internacional e câmbio, seguindo a lógica aplicável a commodities comercializadas em economias abertas”. Essa “política de preços” coloca toda a economia brasileira, dependente do transporte rodoviário, a mercê do capital internacional, que controla o valor do dólar e o valor do barril de petróleo no mercado financeiro.

Esses dados indicam alta tendência inflacionária para o próximo período, com o aumento dos combustíveis sendo transferidos para o consumidor através do aumento do custo dos produtos. A inflação deve intensificar a crise política brasileira, então em pleno período eleitoral com Luiz Inácio Lula da Silva, perseguido político, preso injustamente e candidato de 40% da população, concorrendo ao pleito.