Corte de energia para pobres
Salvar a economia do PR rifando a vida do povo, A revolta será inevitável. E é assim que tem que ser mesmo!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Foto: Divulgação
Usina da Copel. Energia garantida mas só para ricos | Foto: Divulgação

Matéria do G1-PR destaca a Copel (Cia. Paranaense de Energia Elétrica) irá retomar os cortes de energia elétrica a partir de 16 de agosto, para quem está em atraso com os pagamentos das contas.

Alegam que estão seguindo as normas da ANEEL (Agencia Nacional de Energia Elétrica), que havia proibido o corte de fornecimento durante a pandemia mas liberou a retomada dos cortes, por ter vencido o prazo prorrogado até 31 de agosto.

A Copel informa que permanecem suspensos os cortes para famílias de baixa renda, idosos, diagnosticados por Covid-19, microempreendedores individuais, pessoas com deficiências e trabalhadores informais. Porém, os que se enquadram nas exceções acima teriam que fazer um cadastro junto à empresa para usufruir do direito de não ser surpreendido com um apagão em meio ao surto do coronavírus.

As perguntas são: como comprovar quem tem Covid-19 se não são feitos os testes? Como comprovar que é deficiente, se o INSS não está atendendo a não ser emergências? E depois de todos os trâmites burocráticos, qual a garantia de que estes direitos serão respeitados? Conhecendo a burocracia do Estado brasileiro, ainda mais em casos como o cadastramento para receber a esmola de 600 reais, em que milhões não receberam por “problemas no cadastro”, etc, é seguro antever sérias dificuldades para os trabalhadores.

Lembrando que a Copel tem como clientes, grandes empresas com valores de contas bastante elevados, e por isso são clientes preferenciais, e as contas não são cortadas, mas negociados os pagamentos em atraso ou então são perdoados.

Isso revela que a Copel está bastante alinhada com os grandes burgueses, portanto, buscam de fato a salvação dos negócios e não prejudicar o fornecimento de energia para as empresas, visando a continuidade dos lucros destes capitalistas.

Em nada se preocupam se estão rifando a vida da população, colocando-a em condições ainda mais precárias em meio a essa pandemia, que vem dizimando milhões. Enquanto que as empresas voltam a funcionar, com a abertura imposta, e colocando em risco a vida da população paranaense.

Trata-se de um verdadeiro ataque contra o povo do Paraná, os cortes serão em número gigantesco, massivos e voltados contra os trabalhadores. Diante disso é dever da esquerda mobilizar a população para lutar contra os cortes de energia durante a pandemia.

Só assim poderão um mínimo de condições para enfrentar a pandemia, já que o estado não faz absolutamente nada para preservar a vida do povo. Só nas ruas o povo demonstra sua força e consegue derrotar esse sistema falido e ameaçador ao amplo conjunto da população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas