Menu da Rede

Bloco Vermelho conquistou as ruas do Rio de Janeiro

Truculência em Samambaia

Povo reage à repressão e atira garrafas na polícia em festa

A violência e o desprezo da burguesia contra o povo é marcado pela intervenção com truculência pela PM, que desumana e feroz, ataca trabalhadores em sua hora de lazer.

Os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia em Samambaia. – Foto: Raquel Morais/G1

Publicidade

O Distrito Federal foi palco de um lamentável show da Polícia Militar, que, mais uma vez, dá mostras de que é uma força repressora e um braço do Estado Fascista representado por Bolsonaro e Ibaneis Rocha (MDB).

Em Samambaia, uma das cidades satélites de Brasília/DF, partiu reclamações de barulho, o que levou os policiais a uma verificação, quando se depararam com dezenas de pessoas que se aglomeravam em frente a um bar, no último domingo de maio, dia 30 passado.

Segundo a PM, os participantes do evento resistiram à abordagem truculenta da polícia com garrafadas e cadeiradas. 

O resultado disso foi que dez trabalhadores foram presos por infração de medida sanitária, sendo que quatro deles ainda foram autuados por resistência e lesão corporal. No final, o bar foi multado, e os dez foram liberados, mas acabaram indiciados pelos crimes informados. Cinco veículos foram rebocados e 21 autuados por infrações diversas.

Mas todo mundo sabe que a história é sempre contada para beneficiar a PM. E, na verdade, não passa de mais uma forma equivocada que um governo fascista e medíocre tem para dar falsas respostas à população de que está preocupado com o controle da pandemia.

Esses governantes genocidas nunca se preocuparam de verdade com a saúde da população, que, sendo a maioria trabalhadores, estão expostos sempre que saem aos milhares, e enfrentam transportes públicos lotados, péssimas condições de trabalho sem qualquer garantia de salvaguarda de suas saúdes contra a covid, muito menos pelo SUS, um sistema que não recebe investimento e, por isso mesmo, anda sucateado e sem condições de acolher esse trabalhador quando é contaminado.

Nessas horas, em que, depois de uma semana exaustiva de trabalho, quando se procura por um lazer para arejar a cabeça e se lamentar pelas suas perdas, o mesmo trabalhador que não encontra nenhuma visita da PM nos ônibus e trens lotados para dissipar a aglomeração quando está indo ou vindo do trabalho, é espancado e preso pela truculência de quem quer passar a falsa imagem de controle e ordem para evitar a pandemia, desgraçando ainda mais a sua vida.

Esse é o governo genocida que, debocha dos quase meio milhão de pessoas mortas e está junto com os governos estaduais na política proposital de falta de controle da pandemia.

Nem se fale da PM, um instrumento de poder e controle perversos da burguesia, cuja extinção precisa ser defendida por toda a esquerda e por todos os órgãos que lutam contra a ditadura da direita, da truculência e do fascismo.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.