Trabalhadores uní-vos!
Só o socialismo pode solucionar a injusta distribuição de renda e riqueza no Brasil e no mundo.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
desigualdade-social (2)
Desigualdade é vista na habitação | Foto: Sergio Moraes/Reuters

Depois de uma boa campanha para erradicar a fome de tantos brasileiros vivendo na linha da pobreza sem ter que comer, o País tem hoje cerca de 85 milhões de pessoas em condições de insuficiência alimentar, segundo pesquisa do próprio IBGE. (leia à respeito nessa edição).

Em contrapartida ao mapa da fome, vivendo em um mundo completamente diferente, estão os bilionários brasileiros. Esse horizonte é explorado pela revista Forbes, que, no final de 2019, divulgou um índice que demonstra que a soma das 10 maiores fortunas do Brasil saltou de R$400,08 bilhões para R$ 408,72 bilhões. E que, se forem somadas a fortuna dos 58 bilionários brasileiros, chega-se à casa dos R$680 bilhões.  

Como parâmetro, para que possamos ter uma ideia do que representa isso, o rendimento mensal desses 58 bilionários equivale a 33 vezes o ganho obtido por 50% dos mais pobres, ou seja, cerca de 105 milhões de pessoas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No atual panorama, onde, além da fome, também existe  pandemia para piorar as coisas, esses bilionários não têm a mesma sina que os milhões que passam fome no Brasil, e podem pensar em saídas estratégicas do ambiente carregado pelo contágio do coronavírus, e buscar refúgios em condomínios, chácaras, sítios, etc, que lhes deem uma “vida mais saudável”.

A própria Forbes publicou, no dia 19 passado, matéria intitulada “Pandemia acelera procura por imóveis de luxo no campo e na praia”, na qual revela que o mercado imobiliário traz essa tendência, e que, em média, esses imóveis custam entre 7 e 10 milhões de reais.

Essa situação expressa o que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assinalou em seu pronunciamento no último dia 7 de setembro, citando uma famosa frase do escritor Victor Hugo: “É do inferno dos pobres que é feito o paraíso dos ricos”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas