Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Em Teresina, capital do Estado do Piauí, o povo que manifestava contra o aumento da passagem do ônibus, ao passarem pela sede do PSDB (Partido Social Democrático Brasileiro), arremessaram pedras no prédio, expressando a revolta contra o partido golpista que controla a prefeitura da cidade.

A passagem de ônibus em Teresina, aumentou de R$ 3,30 para R$ 3,60, um reajuste de quase 10%, 5 vezes maior que a inflação expurgada, que o governo golpista de Temer teve a cara de pau de anunciar no ano de 2017.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho do PSDB, apoiador do golpe de Estado no país, anunciou que não é a primeira vez que o povo depreda a sede do PSDB da cidade, no ano passado, quando também reajustou a tarifa dos ônibus para favorecer a máfia do transporte público que lucra na cidade, a sede de seu partido sofreu o mesmo ataque.

Percebe-se que o dirigentes do PSDB de Teresina tentou amenizar a situação, para não mostrar que a tendência da população é cobrar a conta dos golpistas da mentira de que a situação econômica no país iria melhorar com a derrubada do governo do PT, através do golpe. Passados mais de um ano de golpe, a situação só piorou com a retirada de direitos e agora com o aumento do custo de vida da população a começar o ano tendo que pagar mais caro pelo transporte público nas cidades brasileiras.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas