Perseguição política ao Avante
Em meio ao crescimento da polarização e da atividade da extrema-direita portuguesa, esse ataque expressa uma radicalização e uma tendência à direita do parlamento.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
festa_do_avante3125386
Consertos da última Festa do Avante | Fotos: PCP

Tribunal do Seixal pode cancelar Festa do Avante! Decisão foi requerida numa providência cautelar interposta nesta segunda-feira. Com vistas a suspender o Festival a medida foi interposta pelo empresário Carlos Valente, distribuidor de uma marca internacional de equipamentos de som para festivais. O empresário de 50 anos concorda com as medidas restritivas à realização de festivais e outras concentrações para impedir a propagação do covid-19 e mostra “indignação” por a festa do Avante se realizar. A decisão foi requerida numa providência cautelar apresentada ao juiz de turno do tribunal Cível da comarca onde ocorrerá, e tornou-se uma tradição no lugar a festa.

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta quarta-feira, em conferência de imprensa, que acredita que a providência cautelar contra a Festa do Avante “não terá qualquer efeito suspensivo”.

Marta Temido fez uma avaliação da pandemia dizendo: “Há 154 surtos ativos no país”, informou a ministra, acrescentando que “de todas as pessoas que foram infectadas há 73,2% que já recuperaram, sendo que só 0,6% foram hospitalizados”. “A taxa de incidência para os últimos sete dias é de 15,3 casos por 100 mil habitantes”… “O Rt é de 1, para os dias 17 a 21 de agosto, um ligeiro decréscimo, o que significa que temos tido uma média de cerca de 200 casos por dia”.

Depois considerou favoravelmente à situação do Avante!: “Relativamente à providência cautelar contra a Festa do Avante, o ministério apenas tem o conhecimento dessa ação através da comunicação social, portanto não nos é possível pronunciar sobre ela”, respondeu a ministra. “Acredito que não terá qualquer efeito suspensivo, mas obviamente que o ministério acata as decisões judiciais”, acrescentou.

Mas o convencimento do juiz não é obrigado a seguir o parecer da ministra da saúde neste caso, o que também afastaria um comentário técnico bem balizado como é o dela. Partido Social Democrata (PPD/PSD) é um partido político português de centro a centro-direita, segundo a definição de alguns estudiosos de política, o que, em outras palavras, quer dizer de direita, com posições reformistas em questões de costumes e liberais em questões económicas.

O PCP afirma que iniciativa “é desprovida de fundamento”. Em comunicado, o partido lembra que a lei permite a realização de festivais e que a iniciativa é parte de uma “campanha reacionária” contra o evento.  Reiteram também que estão garantidas as condições de segurança e tranquilidade para a realização da festa este ano, agendada para os dias 4, 5 e 6 de setembro, na Quinta da Atalaia, no Seixal.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) continua a analisar os moldes em que pode ser realizada a Festa do Avante! e aguarda mais documentos técnicos dos promotores comunistas antes de dar o seu parecer final.

Concertos: este é o principal entrave nas conversas entre a Direção Geral de Saúde e o Partido Comunistas. A DGS quer fazer cumprir as normas em vigor e exige lugares sentados nos concertos da Festa do Avante. Fonte diretamente envolvida no processo adianta à SIC Notícias, que o PCP tem resistido a aceitar esta medida e defende que o público deve estar de pé durante os concertos, respeitando o distanciamento social.

Esta é uma das últimas medidas que faltam fechar para que a DGS possa concluir o parecer sobre a Festa do Avante. Ao que a SIC apurou, o documento está praticamente concluído e deverá ser apresentado na próxima semana.

Durante um jantar/comício em Nisa, no Alentejo, Jerônimo, o secretário-geral do PCP garantiu que serão asseguradas todas as medidas sanitárias. Ele realçou ainda que não admite que a Festa do Avante seja alvo de uma discriminação em relação a outras iniciativas.

“Eles sabem que há milhares de pessoas que vão às praias, e bem, e fingem que não veem. Só veem o Avante. (Eles sabem) que há concertos, festivais e cerimônias religiosas, mas não é aí que está o perigo. O perigo está na Festa do Avante.”

Com a presidência da república na mão do PSD, e,  no cargo de Primeiro Ministro  o PS – Partido Socialista, partido considerado de centro-esquerda, ou reformista, o que é sinônimo de política de colaboração com a burguesia, o parlamento português se coloca mais à direita. PS mais o PSD somam no parlamento, 108 deputados deste com 79 daquele, um total de 186 cadeiras, contra 10 deputados do PCP. Com a esmagadora maioria, assim como no mundo todo, ela expressa sua aversão ideológica ao comunismo, e tenta frear a propagação da política e filosofia tanto quanto pode. Esse é mais um exemplo dessa perseguição. Nem mesmo a luta para poder abrir o comércio com a pressão da burguesia, é obstáculo, pela óbvia contradição que se coloca, para que formalizem, por meio desta ação judicial, a perseguição política à grande festa do Avante. Claramente uma perseguição política por parte do PSD, partido de direita, ela expressa, em meio ao crescimento da polarização e da atividade da extrema-direita portuguesa, no seio da direita tradicional com o PSD, seguida do PS, uma radicalização à direita do parlamento. O que impõe que a esquerda denuncie essa tentativa de censura ao PCP, e que se caracteriza como um ataque fascista que deve ser repudiado com todas as forças.

O último festival, a 42ª Festa do Avante, ocorreu com total êxito, entre 7 e 9 de setembro de 2018, com uma rica programação cultural e política, apresentações musicais, feira literária, debates e atos de solidariedade.  Participaram milhares de militantes portugueses e mais de 50 delegações vindas de diversos países. 

A Festa é anualmente construída pelo trabalho voluntário e comprometido dos militantes das diversas organizações regionais do PCP, com estandartes que representam as diversas regiões do país e áreas de atuação do partido. Há espaços da juventude, da mulher, da emigração, da ciência, das artes e também o espaço internacional, onde se reúnem as bancas de diversos partidos internacionais de todos os continentes.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas