Siga o DCO nas redes sociais

Porto Alegre vai presenciar a maior mobilização popular do Brasil, confira a programação
Porto Alegre vai presenciar a maior mobilização popular do Brasil, confira a programação

Há 12 dias daquela que possivelmente será uma das maiores mobilizações populares após o golpe da direita, que destituiu Dilma Rousseff (PT), eleita legitimamente nas urnas por mais de 54 milhões de votos, Porto Alegre já fervilha luta e resistência.

Milhares de brasileiros de todo o país, partidos políticos, movimentos sociais e centrais sindicais tem se mobilizado intensamente para invadir Porto Alegre com caravanas e resistir ao golpe, lutar pela democracia e contra a condenação do ex-presidente Lula (PT), vítima de Lawfare (perseguição política) pelo tribunal golpista da Lava Jato e pelas instâncias golpistas do judiciário Brasileiro.

O ex-presidente será julgado em segunda instância no próximo dia 24 de janeiro, no TRF-4, em Porto Alegre, caso condenado existe a iminente possibilidade de que Lula seja preso após a decisão, embora esta semana, na tentativa de desmobilizar a militância, o TRF-4 tenha divulgado que a prisão não acontecerá no caso da condenação.

Sendo clara a perseguição política sofrida pelo ex-presidente, e a tentativa de derrotá-lo antes das eleições, com a primeira condenação em Curitiba sem provas, claro é também que palavra de golpista não se leva a cabo. Condenar e prender Lula é mais uma das armas dos golpistas, da direita e dos imperialistas para manter e aprofundar o golpe e para impedir isso, é preciso tomar as ruas de Porto Alegre no dia 24.

Neste sentido os golpistas tem o que temer, já que a maior liderança política do país é capaz de mobilizar multidões.

O PT divulgou que a Secretaria Agrária Nacional do Partido dos Trabalhadores irá organizar em parceria com a Secretaria Nacional do Meio Ambiente a “Caravana da Terra por Justiça e Democracia”, saindo de Brasília com destino a Porto Alegre.

A caravana deve sair da capital federal no dia 20 de janeiro, parando em diversas cidades para mobilizar Comitês Populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato. A chegada em Porto Alegre é prevista para o dia 24. “Estamos em contato com entidades, movimento sociais ligados ao campo, a Via Campesina, o MST (Movimento Sem Terra), o MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), Movimento de Pequenos Agricultores (MPA), Contag, Contraf, e outras entidades e movimentos para que a gente faça uma manifestação vigorosa”, afirmou o Deputado Federal e presidente da Secretaria Agrária, Patrus Ananias.

A CUT informa que organizações mundiais de trabalhadores, como a Confederação Sindical Internacional (CSI) e a IndustriALL Global Union (sindicato mundial dos trabalhadores na indústria), estão intensificando a mobilização de suas entidades filiadas para a atividade, particularmente as da América Latina. A informação é do presidente da CSI, João Felício, e do secretário geral da IndustriALL, Valter Sanches. Ainda segundo ele, além da IndustriALL, outras organizações globais como a UNI Global Union [organização mundial de bancários e financiários], ISP (Internacional de Servidores Públicos) e a UITA (União Internacional dos Trabalhadores na Alimentação), entre outros, estão empenhadas em organizar caravanas de trabalhadores para a vigília de Porto Alegre.

A Frente Brasil Popular divulgou a programação e afirma que a concentração na data de 23/01 se deve pela avaliação de que o julgamento no TRF-4 começará às oito horas da manhã e deve ser concluído logo após o almoço. Por isso, a orientação da Frente Brasil Popular é que as caravanas devem chegar no dia 23 e permanecer até o posterior.

Já na próxima semana, no dia 13 de janeiro, em todo o país, acontecerão atividades e lançamentos dos comitês em defesa da candidatura de Lula.

Em Porto Alegre para o dia 13/01, a Frente Brasil Popular marcou o Dia Nacional de Mobilização nos Arcos da Redenção, no Parque Farroupilha, no centro da capital que terá aulas públicas e atrações culturais.

A programação começa às 15h, com confecção de faixas e cartazes. No final da tarde, a filósofa Marcia Tiburi, a senadora e presidenta do PT, Gleisi Hoffmann e a deputada estadual e pré-candidata à Presidência da República pelo PCdoB, Manuela D’ávila, participam de uma aula pública. A partir do dia 20 de janeiro, movimentos populares montam o Acampamento da resistência.

O PCO e os Comitês de Luta contra o Golpe estão organizando Caravanas em várias cidades e capitais, para se inscrever em uma Caravana acesse o link:

https://www.causaoperaria.org.br/24-de-janeiro-ocupar-porto-alegre-e-impedir-condenacao-de-lula/

Contribua com a campanha financeira para a realização das caravanas neste link.

Veja a programação completa das atividades em Porto Alegre divulgada pela Frente Brasil Popular:

13/01

Dia Nacional de Mobilização em defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato, em várias cidades e capitais do Brasil.

20/01

Início do Acampamento dos Movimento Sociais

22/01

Encontro de Juristas em Defesa do Lula

Conferência Internacional  dos Partidos de Esquerda

23/01

Conferência Internacional  dos Partidos de Esquerda

Manhã – Encontro de Mulheres com Dilma Rousseff e Eleonora Menicucci Local: Teatro Dante Barone – Assembleia Legislativa do RS

Tarde – Encontro do Fórum Social Mundial Local: Teatro Dante Barone – Assembleia Legislativa do RS

18h – Marcha  em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato

Noite – Início da vigília

24/01 – Início do julgamento no TRF-4 às 08:00 hr