Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Nesta quarta-feira (03-01), o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior do PSDB, enviou um ofício ao presidente golpista, Michel Temer,  solicitando o envio das tropas da Força Nacional de Segurança e das Forças Armadas (Exército) para combater os manifestantes dos movimentos sociais que irão a Porto Alegre no dia 24 de janeiro protestar contra a perseguição ao ex- presidente Luís Inácio Lula da Silva pela operação golpista “Lava Jato”.

Os golpistas marcaram para o dia 24 de janeiro o julgamento em 2° instância do ex- presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, no processo arbitrário do triplex do Guarujá, a fim de condená-lo a prisão, com o objetivo de impedir que Lula seja candidato a eleição presidencial do Brasil em outubro de 2018.

No entanto, os golpistas não contavam que os movimentos sociais que lutam contra o  golpe no Brasil fossem reagir a essa arbitrariedade e convocar os trabalhadores brasileiros e movimentos sociais a ocupar Porto Alegre a fim de manifestar contra essa condenação arbitrária e golpista.

Já estão confirmadas diversas caravanas de ônibus do Brasil inteiro contra a condenação de Lula, além de personalidades do mundo inteiro, como os cantores  de rock, Mick Jagger do Rolling Stones e Bono do grupo U2, o ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica, etc.

A convocação cresce a cada dia e espera que entre os dias 20 a 24 de janeiro, a cidade de Porto Alegre no Rio Grande do Sul receba mais de 100 mil pessoas que estarão lutando contra a condenação de Lula.

Assustada, a direita golpista, que não consegue eliminar a popularidade de Lula, vai buscar a repressão do estado golpista para impedir a luta popular contra o golpe e a perseguição à Lula.

Os movimento sociais precisam intensificar a mobilização e mostrar a direita que os trabalhadores não vão deixar prender Lula, a fim de derrubar o golpe, os golpistas pela anulação do impeachment de Dilma Rousseff.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas