Adaptação política
O apoio à repressão aos protestos no Capitólio, que levou à prisões e mortes de civis, mostram como a esquerda abandonou princípios políticos elementares

Por: Redação do Diário Causa Operária

Após os protestos que ocuparam o Capitólio, no último dia (6), a burguesia lançou uma enorme repressão contra a extrema direita norte-americana, com a prisão de mais de 90 pessoas e inclusive o assassinato de 4. Em seguida, segui-se uma enorme censura na internet e nas redes sociais, que envolveu a suspensão definitiva da conta de Trump no Twitter e a exclusão da rede social Parler de todas as plataformas e servidores, impedindo-a de funcionar. Com tudo isso, no entanto, a esquerda defendeu a repressão contra Trump, mostrando o abandono de qualquer princípio político elementar.

Nesta semana foi divulgada a lista de contribuintes do Comitê para a posse de Joe Biden (Partido Democrata) como presidente dos Estados Unidos da América (EUA). A presença de gigantescas empresas imperialistas como Google e Microsoft esclarecem o caráter da candidatura e a fraude eleitoral que o elegeu.

Os dados foram divulgados no site oficial da campanha de Biden para declarar contribuintes de mais de US$ 200 dólares para as atividades de 59º posse presidencial nos EUA.

Além de Google e Microsoft, que são duas das maiores empresas do mundo, integrantes fundamentais do imperialismo norte-americano. Os doadores notáveis ​​na lista incluem as empresas de tecnologia Google, Microsoft e Qualcomm; provedores de serviços de Internet Verizon e Comcast; a gigante aeroespacial Boeing; sindicato IBEW; companhia de seguro saúde Anthem, Inc .; e a empresa de tecnologia médica Masimo Corporation.

Demagogia imperialista

A descrição do sítio eletrônico do Comitê Inaugural de Biden afirma aceitar apenas contribuições de “cidadãos dos EUA, residentes permanentes legalmente admitidos e entidades corporativas e associações americanas”.

E reforça que a entidade PIC 2021, Inc. “não aceita contribuições de lobistas registrados sob a Lei de Divulgação de Lobbying, nem de agentes estrangeiros registrados sob a Lei de Registro de Agente Estrangeiro. Além disso, PIC 2021, Inc., não aceita contribuições de empresas de combustíveis fósseis (ou seja, empresas cujo principal negócio é a extração, processamento, distribuição ou venda de petróleo, gás ou carvão), seus executivos ou de PACs organizados por eles.”

É por acreditar em demagogias como esta, que a esquerda, baseada apenas no discurso ideológica, avalia quem deve ou não ter seu apoio. No entanto, as informações mostram que Biden, como já divulgado diversas vezes, é o candidato do imperialismo norte-americano. Que será colocado para estabilizar o regime e aumentar a exploração de toda a classe operária mundial.

Diante disso, pouco importa qual a posição ideológica de quem quer que seja, é preciso lutar contra o imperialismo, o maior inimigo da classe operária mundial. A esquerda não faz isso, porque ela não compreende o mundo em que vive ou o que é o imperialismo.

Send this to a friend