Guerra Civil Espanhola
A obra de Ernest Hemingway “Por Quem os Sinos Dobram” é um romance de 1940, considerado pela crítica uma das suas melhores obras, conta a história da Guerra Civíl Espanhola.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
por_quem_os_sinos_dobram (1)
Foto publicada em 05 de janeiro de 2012. Filme Por Quem os Sinos Dobram | Foto: Reprodução

“Nenhum homem é uma ilha, todo em si; todo homem é uma parte do continente, uma parte da terra; se um torrão de terra é levado pelo mar, a Europa é diminuída, tanto se fosse um promontório, como também se fosse uma casa de teus amigos ou a tua própria; a morte de todo homem me diminui, porque sou parte na humanidade; e então nunca pergunte por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.”

E as pessoas se perguntavam: por quem os sinos dobram? Isso significava que alguém que vivia ali perto havia morrido, em outras palavras, quem morreu? Mas, para o reverendo, não importa quem tenha morrido, todo ser humano que morre leva consigo um pouquinho da humanidade, ou seja, um pouquinho de cada ser humano. Esta frase é parte de um poema de John Donne, poeta inglês do século 17, mas que é famosa porque é citada em um romance do escritor americano Ernest Hemingway (Oak Park, 21 de Julho de 1899 — Ketchum, 2 de Julho de 1961), o autor da obra “Por Quem os Sinos Dobram”, um romance de 1940, considerado pela crítica uma das suas melhores obras, conta a história da Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

Assim, como o personagem principal do livro Robert Jordan, Ernest acaba se envolvendo na Guerra ao lado dos republicanos, ele era motorista de ambulância e correspondente de guerra. No dia 2 de julho de 1961, Hemingway matou-se com um tiro na cabeça. Seu trabalho literário e jornalístico e seu estilo de vida cheio de escândalos e aventuras o tornaram uma lenda ainda em vida.  O livro narra a história de Robert Jordan, um jovem norte-americano das Brigadas Internacionais, que se tornou conhecedor do uso de explosivos. Esta obra nos conta de romances e aventuras em meio à Guerra Civil Espanhola, traz o cotidiano da vida na Espanha em suas vilas e povoados, mostra à tragédia familiar, irmão contra irmão, mergulha nos horrores da época.

O romance apresenta uma luta intensa contra o fascismo na época. Os socialistas haviam conquistado o governo da República espanhola. Mas em contrapartida, o general espanhol Francisco Franco que estava em Marrocos, insurgiu-se contra essa República popular e com suas tropas invadiu o espaço continental da Espanha e, contando com o apoio da igreja católica, dos banqueiros financistas e da burguesia, foi ganhando espaço. A guerra durou três anos, que no fim ele ocupou o poder e por lá ficou por quase 40 anos. Um de seus generais, num discurso em comício, bradou a seguinte frase: “Abaixo a inteligência e viva a morte!”.

O fascismo denunciado na obra está muito relacionado com os acontecimentos nos dias de hoje aqui no Brasil, com Bolsonaro, com seus discursos e ações. Onde demonstra sua perversão, ao prazer pela tortura, pela dor e pela morte, ameaçando que vai matar trinta mil. Por isso, agora é a hora da população nas ruas, mostrando pra eles como é o fim de gente como eles. Da mesma maneira que fizeram os Italianos no final da Segunda Guerra Mundial, num ato muito significativo na luta contra os fascistas, onde Mussolini e sua corja, depois que foram mortos a tiro, ficaram de pendurados de ponta cabeça em praça pública com o povo cuspindo neles. Nas ruas agora pelo Fora Bolsonaro e Todos os Golpistas! Eleições gerais com Lula candidato! Por uma constituinte pelo Estado Operário Transformador!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas