Siga o DCO nas redes sociais

Nada de semi-aberto
Por que Tarso Genro é tão rápido em concordar com a Lava Jato?
Pedido do MPF serve para arrefecer a crise da Lava Jato
_(1)
Nada de semi-aberto
Por que Tarso Genro é tão rápido em concordar com a Lava Jato?
Pedido do MPF serve para arrefecer a crise da Lava Jato
Fotos: Ricardo Stuckert.
_(1)
Fotos: Ricardo Stuckert.

Assim que apareceu a notícia de que o Ministério Público Federal havia pedido que Lula fosse colocado em regime semi-aberto, setores da direita do PT partiram para convencer o ex-presidente de que deveria aceitar a decisão. Fica claro que se trata de uma manobra do MPF golpista para tentar, por um lado, arrefecer a crise da Lava Jato que vem se intensificando pelo menos desde os vazamentos divulgados pelo sítio The Intercept, e por outro lado conter a tendência cada vez maior de mobilização pela liberdade de Lula.

Tanto é assim que a decisão acertada de Lula de rejeitar o pedido do MPF colocou em xeque a Lava Jato e deixou os principais setores da imprensa e dos políticos  golpistas irritados, mostrando que a cartada do regime semi-aberto foi articulada para que se voltasse contra o ex-presidente.

Mesmo assim, os setores direitistas do PT, entre eles Tarso Genro, correram para defender que Lula aceitasse o pedido. Genro considerou a decisão do MPF uma “vitória” e disse que “Lula ‘semi-livre’ é mais perto de ‘Lula livre'”. O ex-governador do Rio Grande do Sul não titubeou em pressionar o PT e Lula a aceitarem a manobra da Lava Jato.

Não é novidade a política de Tarso Genro de adaptação à Lava Jato. Em outras oportunidades ele se colocou na defesa da operação golpista, como quando defendeu o afastamento de João Vaccari quando este foi acusado pela Lava Jato.

A adaptação de Genro à Lava Jato é produto de uma política eleitoral e parlamentar, de defesa cega às instituições golpistas. Em vez de um enfrentamento contra os golpistas, uma política de frente ampla com os próprios golpistas.

Por isso Genro corre em concordar com a Lava Jato. A ilusão de que o golpe e a liberdade de Lula serão resolvidos pela boa vontade das instituições golpistas. Dessa forma, acaba se adaptando ao golpe e à manobra do MPF cujo objetivo é frear a luta pela liberdade do ex-presidente.

É preciso lutar pela anulação de todos os processos. É preciso lutar pela liberdade de Lula e que ele tenha todos os seus direitos políticos restabelecidos. É preciso acabar com a Lava Jato, não é possível contemporizar com uma operação golpista, de perseguição política contra a esquerda.