Organizar o povo
Este artigo polemiza com a esquerda que defende que as organizações de esquerda e seus militantes devem ficar em casa, na quarentena, e esperar a “tempestade” passar.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
12bc5ee5-6b4d-4bc5-b557-7ce6b6ce4c13
Reunião do Conselho Popular de São Félix do Coribe, interior da Bahia. Imagem: DCO. |

A postura política do Partido da Causa Operária diante da crise causada pela pandemia do coronavírus de ir para os bairros populares para contribuir na organização da população e de formação de conselhos populares vem causando um grande desconforto na esquerda pequeno burguesa, que apenas quer tomar uma solução individualista sem avaliar a situação da classe trabalhadora.

O PCO, ao contrário da totalidade da esquerda pequeno burguesa,  não correu e se escondeu em casa durante a quarentena, colocou sua militância nas ruas, porque a maioria da classe operária não tem as mínimas condições de ficar em quarentena.

Nas periferias de todo o país, a população não tem o que comer, sofre com a falta de água, de coleta de esgoto e está sem nenhum recurso para garantir a sua sobrevivência no período de quarentena, ao contrário do cenário cor-de-rosa pintado pela esquerda de que é preciso ter a “consciência” de ficar em casa. É importante lembrar aqui que as principais medidas de controle apresentadas pela esmagadora maioria dos especialistas é água limpa e recentes estudos informam que a transmissão do coronavírus pode ocorrer pelas fezes e pelo esgoto.

Os trabalhadores estão totalmente desassistidos, não somente nos locais de trabalho e transporte, mas nos bairros sem nenhuma maneira de sequer adquirir uma máscara ou álcool gel. Moram em casas muito pequenas e sem condições de ficarem o dia inteiro e não é por acaso que nos bairros pobres a população está nas ruas com as crianças. Se não bastassem estarem de maneira forçada nas ruas, o abandono é tão grande que não há sequer informações sobre o que está acontecendo.

Diante desse cenário, para qualquer organização de esquerda, em especial para os militantes do PCO é uma vergonha deixar a população sozinha e sofrendo as consequências da crise econômica e do coronavírus.

Outra coisa que não podemos deixar de criticar aqui é esse setor da esquerda que, por não ter uma política própria, vai a reboque da direita e apoia a repressão para manter a quarentena. O PCO é absolutamente contra essa ditadura que a direita está impondo no País sob a justificativa de combater o coronavírus. O governo tem que realizar uma campanha para que as pessoas fiquem em casa e esclareça o problema e suas consequências, mas acreditar que governos de direita tomam essas medidas para salvar a população é de uma ingenuidade política sem tamanho.

A esquerda e os que criticam o PCO deveriam perguntar qual seria o sentido de sindicatos, partidos políticos e movimentos sociais responsáveis pela organização dos trabalhadores estarem fechados ou em quarentena. Para que serve lideranças e militantes dessas organizações que não vão às ruas num momento de crise, como a que estamos vivendo ou em uma ditadura militar, como nos anos de chumbo a partir de 1964?

Na verdade, os militantes estão indo de casa em casa nas periferias para defender o povo da política dos novos “heróis” da esquerda que surgiram com a pandemia, como Doria, Witzel e o ministro da saúde fascista Luiz Henrique Mandetta. Direitistas conhecidos por esmagar a população pobre e que agora são aplaudidos.

O PCO e seus militantes vão colocar todos os seus recursos e militantes para irem a essas periferias para organizar os trabalhadores e não ficar em casa olhando a situação de miséria do povo e vendo as pessoas morrerem.

Neste momento, existem dois tipos de pessoas. As pessoas que estão vendo a situação de calamidade e que querem defender a humanidade e isso só pode se dar com a mobilização popular e as pessoas que apenas querem salvar a própria pele, numa política mesquinha e individualista do salve-se quem puder.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas