Repressão em Honduras
Assassinato de jovem estudante em delegacia revolta população e causa comoção nacional.
Keyla Martinez - Honduras
Protestos ocorrem em frente à delegacia aonde Keyla foi presa, desde segunda (08). | Foto por: reprodução
Keyla Martinez - Honduras
Protestos ocorrem em frente à delegacia aonde Keyla foi presa, desde segunda (08). | Foto por: reprodução

Manifestantes tomaram as ruas da cidade de La Esperanza, departamento de Intibucá, e continuam a realizar protestos desde a última segunda (08) contra a morte da jovem estudante de enfermagem, Keyla Martinez sob custódia da polícia na noite do sábado (06).

Segundo a polícia Keyla teria sido detida por “escândalo em vias públicas em estado de embriaguez e por descumprimento do toque de recolher”. Ao ser detida e levada para Unidade departamental número 10, os policiais afirmaram que Keyla estava tentando se enforcar e a conduziram ao hospital Enrique Aguilar Cerrato, onde teria falecido.

Keyla Martinez, assassinada sob custódia da polícia.

Familiares, amigos e a parte da população rejeitaram a versão dada pela polícia e exigem o esclarecimento do caso e punição aos responsáveis pelo assassinato da jovem pelas mãos da polícia.

Resultados preliminares de perícia informam que a morte da jovem teria ocorrido por asfixia mecânica e “fortes evidência de homicídio”.

 

 

Relacionadas
Send this to a friend