Novas sanções são impostas
Imperialismo norte-americano tenta destruir mais uma vez a revolução cubana, como forma de aumentar domínio na região.
Cuban-university-students-march
Cuba. |

O imperialismo norte-americano aumenta as sanções impostas sobre Cuba. A justificativa para mais um ato genocida contra o povo cubano, é de que o governo local trataria seu povo com terror e apoia o que o imperialismo chama de ditadura venezuelana.

As novas sanções vêm para intensificar a crueldade cometida pelos EUA contra o povo cubano por esse povo ter se levantado contra o imperialismo. Da mesma forma, os EUA impões sanções contra a Venezuela e o Irã, por conta desses povos também não se submeterem a Washington.

Segundo a agência de notícias russa Sputnik News, as novas sanções colocam um limite de 1000,00 dólares que um emissário pode enviar por mês para dentro de Cuba. Também, não é mais possível enviar dinheiro para trabalhadores do governo e membros do Partido Comunista.

É preciso derrotar o imperialismo. Governos capachos como o de Jair Bolsonaro devem ser derrubados, não somente para proteger os trabalhadores brasileiros, mas também como forma de ajudar os governos de populações que não se submetem, como Cuba.

Relacionadas