Política de terra arrasada: golpe entrega o pré-sal

pre-sal

Segundo a FUP (Federação Única de Petroleiros), o governo golpista de Michel Temer, em posição de total subserviência e cumplicidade com os interesses dos países imperialistas, colocará a leilão no dia 28 (sexta-feira) próximo, mais de 16,5 BILHÕES de barris de petróleo do pré-sal pela “bagatela” de R$0,40 o barril, equivalente a 25 milésimos de real o litro de petróleo.

Os custos de extração do barril de petróleo do pré-sal estão em torno de US$ 8 e o preço no mercado internacional está cotado a pouco mais que US$ 80 (25/09) e em alta.

Quem adquirir os blocos do pré-sal pelo leilão estará em condições de adquirir lucro líquido de pelo menos 900%, o que poderíamos chamar de um verdadeiro negócio da China.

E por falar em China, que participará dos leilões com duas empresas. CNOOC e CNPC, também estão aptas a saquear nosso país as norte-americanas ExxonMobil e Chevron, as inglesas BP e Shell, a Norueguesa Equinor, a alemã Wintershall, a qatoriana QPI, a francesa Total e a colombiana Ecopetrol, conforme informações da FUP.

A entrega de quase 1,5 TRILHÕES de dólares em petróleo às empresas multinacionais por menos de US$ 1,6 bilhões é parte integrante e fundamental do que impulsiona o golpe de estado pelo qual o país vem passando.

Esse ataque terá impacto direto nos preços dos combustíveis, que por sua vez impactarão os preços de todos os bens de consumo e alimentos, provocando uma crise cada vez pior sobre um amplo setor da classe trabalhadora brasileira.

A FUP e outras instituições sindicais estão organizando atos de resistência a essa entrega absurda no nosso patrimônio.

Enquanto alguns políticos se digladiam em debates e se debruçam sobre programas e projetos que os habilite a serem os administradores da crise capitalista. O sistema golpista avança a passos largos dando demonstrações claras que somente poderão ser contidos, confrontados e derrotados por uma imensa mobilização popular organizada pela ampla maioria dos partidos de esquerda, sindicatos e organizações sociais.