Política criminosa: mais um bombardeio criminoso contra a Síria
bombardeio siria
Política criminosa: mais um bombardeio criminoso contra a Síria
bombardeio siria

O governo terrorista israelense – principal entreposto dos EUA no Oriente Médio – bombardeou a Síria neste domingo (25/8), sob o pretexto de destruir grupos iranianos que planejavam um ataque a Israel. Trata-se da velha tática imperialista que, para uma investida militar, sempre inventa alguma justificativa, no sentido de estar invadindo e atacando “em legítima defesa.”

Tanto a Síria quanto o Irã são países que não caíram no controle imperialista, e os norte-americanos ainda não engoliram sua derrota na tentativa de invadir a Síria, há cerca de um ano. Mas continuam na mira dos grandes capitalistas, que precisam controlar o petróleo mundial.

Ambos os países sofrem com os embargos e se viram como conseguem para sobreviver à destruição e à miséria. Seria um suicídio para ambos iniciar uma ofensiva contra Israel. A “legítima defesa” alegada por Israel é completamente falta. É apenas um indício de que a fome de controle do imperialismo sobre estes países continua.