Invasão de coxinhas
Pela madrugada, golpistas venezuelanos invadiram a embaixada com a ajuda dos bolsonaristas; movimentos populares se mobilizam para expulsar os coxinhas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
122778ac-a960-40f8-99fe-085204914627
Militantes populares defendem a embaixada. Foto: Comitê Abreu e Lima |

Da redação – Agentes do Batalhão do Rio Branco que haviam recebido autorização do encarregado de Negócios da Venezuela (que substitui o embaixador desde 2016) de entrar para ajudar a expulsar os invasores golpistas venezuelanos tentaram assumir o controle da embaixada, dizendo esperarem ordens do governo Bolsonaro.

A informação é do Jornalistas Livres.

Conforme apuração do Diário Causa Operária, representantes que se encontram dentro da embaixada dizem estar sequestrados pelos golpistas venezuelanos e pelos agentes da repressão brasileiros, dentro de seu próprio território, uma vez que uma embaixada é um território oficial de um país dentro de outro país, reconhecido como tal pelas Nações Unidas. Os policiais não deixam ninguém entrar nem sair da embaixada. A própria ONU se pronunciou a respeito do incidente de hoje, afirmando que o Brasil é responsável pelo que acontecer na embaixada.

Um militante de esquerda que compareceu, junto a dezenas de companheiros, para prestarem apoio à embaixada, ficou ferido em meio à confusão. Um venezuelano nacionalista também colocou para correr um dos coxinhas mercenários que estava participando da invasão da embaixada.

A militância de esquerda, dos que se solidarizam com o povo venezuelano, deve expulsar os coxinhas e demais agentes fascistas da embaixada! Na marra!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas