América Latina
Situação se agrava na Argentina e policiais protestam em torno da residência oficial de Alberto Fernandez.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
argentina
Policiais protestam em frente à residência oficial do presidente da Argentina Alberto Fernández | Foto: Télam

Em protesto por aumento salarial, vários policiais cercaram, nesta quarta-feira (9). a Qunita de Olivos, sede do governo da Argentina. Carregando bandeiras do país, os policiais se recusaram a entrar na residência para dialogar, à pedido do presidente Alberto Fernandez.

Na manhã desta quarta (9), uma bomba molotov foi lançada contra a Qunita de Olivos. As manifestações ocorrem em diversos pontos da cidade e da província de Buenos Aires.

Várias organizações de esquerda se posicionaram contra as mobilizações policiais. Até agora, a política do presidente da Argentina é de pedir calma e dizer que irá buscar a solução amigável para a situação.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas