Nos Estados Unidos
Juiz estabelece fiança de policiais que foram cúmplices do assassinato de George Floyd em 1 milhão de dólares.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
policiais george floyd
Os três policiais acusados de cumplicidade no assassinato de George Floyd | Foto: reprodução

Três dos policiais de Mineápolis que foram acusados de serem cúmplices do assassinato de George Floyd, que gerou uma onda de protestos gigantescas pelos EUA, tiveram suas fianças definidas no valor de US$1 milhão por um juiz em Minnesota. O julgamento ocorreu nesta quinta-feira (4).

Os acusados de de ajuda e cumplicidade em assassinato de segundo grau e de ajuda e cumplicidade em homicídio culposo são os policiais Thomas Lane, J. Alexander Kueng e Tou Thao.

O policial que manteve seu joelho pressionado sobre o pescoço de Floyd por quase nove minutos era Derek Chauvin, que está sendo acusado de assassinato em segundo grau.

É claro que o poder judiciário está usando essas condenações para tentar eximir o conjunto das forças policiais assassinas dos EUA de sua responsabilidade nesse assassinato. A polícia norte-americana, assim como a brasileira, mata milhares de negros todos os anos e a única solução para esses crimes é lutar pela sua extinção.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas