Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Um grupo de 25 militantes políticos do grupo Levante Popular da Juventude que protestava contra a condenação do ex-presidente Lula, em Porto Alegre (RS), além de uma pessoa que apenas tirava fotos da detenção foi preso pela Brigada Militar, na noite da última quarta-feira (24) e ficaram sob custódia por mais de 20 horas na capital gaúcha, sob a alegação de ter ateado fogo a pneus em pontos da região central da cidade. Os jovens militantes foram acusados de formação de quadrilha e incêndio criminoso pela polícia.

Os militantes denunciaram que uma série de direitos preconizados na Constituição Federal foram ignorados durante a condução e custódia dos militantes. De acordo com a Brigada Militar, eles foram autuados pelos crimes de associação criminosa e incêndio.

Na madrugada do dia 25, dez pessoas foram soltas, mas os demais receberam ordens de serem transferidos, sendo 13 mulheres que foram encaminhadas para o Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier e três homens foram levados para o Presídio Central de Porto Alegre. Apenas na tarde, do dia 25, os demais integrantes sob custódia, foram liberados pelo juiz Volnei dos Santos Coelho que expediu o alvará de soltura.

O golpe de Estado que levantou a cabeça dos fascistas e permite todos os ataques aos trabalhadores e lutadores da cidade e do campo, agora está mais forte com a condenação de Luis Inácio lula da Silva. As ações conjuntas entre empresários, latifundiários, justiça, imprensa capitalista e policia contra a população, principalmente contra as lideranças aumentarão virtiginosamente, com a utilização de acusações infundadas e sem provas.

É preciso denunciar para toda a população essa situação e a imposição de um Estado de exceção contra os trabalhadores, ampliando a luta dos trabalhadores contra o golpe, com a organização de comitês populares contra o golpe em todo país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas