Polícia Civil indicia ex-presidente do Flamengo por morte de atletas em Centro de Treinamento

Incêndio atinge o CT Ninho do Urubu do Flamengo

A polícia civil do Rio de Janeiro indiciou o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, pela morte de 10 atletas do clube no Centro de Treinamento, “Ninho do Urubu”, do time em fevereiro deste ano, quando o prédio pegou fogo.

As condições precárias do prédio e o sucateamento levaram a um enorme desastre que matou os 10 jovens atletas da base do maior time de futebol do país.