Bolívia
A polícia está se juntando aos bandos fascistas bolivianos para reprimir a população que está se manifestando contra o golpe.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolivia_protestas_golpe_estado_bolivia_evo_morales_reuters.jpg_1718483347 (1) (1)
Polícia reprime manifestantes contra o golpe na Bolívia |

Da redação – Trabalhadores da cidade de El Alto (Bolívia), que desde domingo a noite tem sido um foco de reação contra o golpe militar, estão sendo brutalmente reprimidos pela polícia golpista do país. Centenas saíram às ruas para protestar contra o golpe de Estado que obrigou a renuncia de Evo Morales.

Diversos estão feridos. “Depois do primeiro dia do golpe cívico-político-policial, a polícia reprime com balas para provocar mortos e feridos em El Alto. Minha solidaridade com essas vítimas inocentes, entre elas uma meninha, e o heróico povo, defensor da democracia”, afirmou o ex-presidente Evo Morales no twitter.

As denúncias afirmam que estas agressões da polícia, mas também dos bandos fascistas, contra o povo não estão sendo noticiadas pela imprensa local e nem pela imprensa imperialista.

Veja vídeos das agressões e do enfrentamento:

Desta forma, os manifestantes estão denunciando que a polícia boliviana se juntou às forças golpistas contra a população. Estão reprimindo e repetindo as ações dos bandos fascistas contra indígenas e seus símbolos – o que demonstra o caráter fascista do golpe de Estado.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas