Fraude nas eleições de 2018
A Polícia Federal informou Flávio Bolsonaro durante eleições que começaria a investigar Queiroz. A PF ainda esperou eleições acabarem para iniciar investigações
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Flávio Bolsonaro
Flávio Bolsonaro foi informado sobre investigação de Queiroz |

Da Redação – O suplente de Flávio Bolsonaro durante eleições de 2018, Paulo Marinho, admitiu em entrevista que, durante as eleições, a Polícia Federal informou Flávio Bolsonaro que começaria a investigar Queiroz, o tesoureiro da família, dando tempo para que Queiroz fosse afastado.

A Polícia Federal também retardou as investigações, para que elas só começassem após as eleições, de modo que a campanha de Jair Bolsonaro não fosse prejudicada pelo escândalo.

As revelações vêm comprovar que as eleições de 2018 foram fraudadas pelas instituições brasileiras, controladas pela burguesia. A principal comprovação da fraude se deu pela prisão de Lula, para que ele não concorresse às eleições.

É preciso mais do que nunca uma ampla mobilização pelo fora Bolsonaro, para que a população derrube o presidente fascista, golpista e ilegítimo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas