Aldeia Pataxó Novos Guerreiros
A única maneira de impedir os despejos é unificar a luta da população explorada e lutar contra, além de iniciar uma onda de ocupações de latifúndios
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pf aldeia novos guerreiros (1)
PF chegando na aldeia Novos Guerreiros | Imagem: Mídia Índia

A Polícia Federal foi nesta quinta-feira (27/08) na aldeia Novos Guerreiros, em Porto Seguro (BA), para ameaçar os indígenas e gerar pânico na comunidade para evitar que os indígenas Pataxó desistam de lutar contra o despejo.

A área em questão foi grilada pelo latifundiário e grileiro de terra e ex-deputado Joaci Fonseca de Góes, que “vendeu” a área grilada para o aeroclube Sky Dream, e agora o juiz Pablo Enrique Carneiro Baldivieso quer expulsar os indígenas de suas terras em benefícios desses latifundiários e grileiros.

A direita está se aproveitando da pandemia para organizar uma onda de despejos em benefício de latifundiários e é necessário barrar essa ofensiva da maneira que for necessária.

Os indígenas estão dispostos a lutar contra o despejo e é preciso além de apoiar a luta, mobilizar pessoas e militantes para estar ao lado dos indígenas para evitar que a Polícia Federal realize o despejo.

Convocar todas as pessoas que são contra a ofensiva da direita e a política genocida de jogar as pessoas em plena pandemia nas ruas para se deslocarem até a aldeia para apoiar os indígenas Pataxó.

É preciso organizar os trabalhadores e unificar a luta pela terra, contra a retirada de direitos e contra o governo de Jair Bolsonaro que estimula os despejos e invasões de terras indígenas.

Lutar contra os despejos e organizar uma nova onda de ocupações de terra e fechamento de rodovias para impedir os despejos da maneira que for necessária.

Todos a aldeia Novos Guerreiros na manhã desta sexta-feira!

Não aos despejos!

Pela demarcação imediata da Terra Indígena!

Fora Bolsonaro!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas