Siga o DCO nas redes sociais

Polícia atira em mais dois na Cidade de Deus: foram 22 neste mês
policia-militar-realiza-operacao-no-morro-do-fallet-no-rio-de-janeiro-rj-nesta-sexta-feira-8-durante-operacao-14-pessoas-foram-mortas-1549658574536_v2_1920x1280
Polícia atira em mais dois na Cidade de Deus: foram 22 neste mês
policia-militar-realiza-operacao-no-morro-do-fallet-no-rio-de-janeiro-rj-nesta-sexta-feira-8-durante-operacao-14-pessoas-foram-mortas-1549658574536_v2_1920x1280

Dois homens foram baleados nessa segunda-feira (22) durante uma operação da Polícia Militar na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro.

Segundo os policiais, os “dois suspeitos” portavam uma pistola e uma grande quantidade de drogas e foram feridos ao entrar em confronto com os policiais. Ambos foram levados ao Hospital Municipal Souza Aguiar, na Barra da Tijuca.

Essa é uma velha desculpa da PM, usam o pretexto que vão pegar “bandidos e traficantes”, mas perseguem toda a população das favelas, para assim mantê-las longe dos bairros nobres do Rio de Janeiro e de preferência mortas, até porque já sabemos que os maiores bandidos e traficantes são justamente esses que dão ordem para atacarem a população.

Só esse mês já foi registrado 22 tiroteios na Cidade de Deus. Como já vimos em vários relatos de moradores, os tiros sempre partem da Polícia Militar, até porque com o aval do governador fascista Witzel (PSL), a PM tem total liberdade para subir nos morros e sair atirando em toda a população pobre e negra do Rio de Janeiro.

Esse é mais um caso que mostra como a população pobre vem sendo atacada por um governo totalmente fascista que defende os interesses da burguesia, que é um estado sem favelas, sem negros, sem pobres. Contra esse massacre, essa repressão, essa ditadura, é preciso derrubar esse governo assassino do povo. Fora Witzel! Fora Bolsonaro e todos os fascistas!